Linhas de Pesquisa


Populações, Etnicidades e Cultura: Usos e Representações

Tem por objetivo o entendimento histórico das relações sociais amazônicas e a construção de sua trama cultural, desde a pré-história amazônica, passando pela colonização portuguesa/espanhola e a constituição da fronteira interna, oriunda dos processos de expansão, sobretudo no século XX. Para consolidar os objetivos desta linha de pesquisa, é necessária a produção de estudos e pesquisas de múltiplas abordagens. São eles: história social e cultural na Amazônia; sobre a cultura e suas linguagens na Amazônia; sobre o patrimônio histórico material e imaterial na Amazônia; sobre populações indígenas e afrodescendentes na Amazônia; sobre gênero e sexualidade na Amazônia e; sobre a religiosidade e suas representações e práticas na Amazônia.

 

Trabalho, Poder e Práticas Sociais

Tem por objetivo o entendimento histórico da construção das relações de poder na Amazônia, a partir de enfoques interpretativos diversos, sejam eles fundados na abordagem política, sociológica, econômica ou antropológica. Privilegia, sem ser excludente, a compreensão da construção da sociedade amazônica em suas dimensões urbanas ou rurais; colonizadores ou colonizados; agricultores e coletores etc. As temporalidades dessa construção societária amazônica compreendem a pré-história amazônica, passando pela colonização portuguesa/espanhola e a constituição da fronteira interna, oriunda dos processos de expansão, sobretudo no século XX. Para consolidar os objetivos desta linha de pesquisa, é necessária a produção de estudos e pesquisas de múltiplas abordagens. São eles: estudos sobre a pré-história amazônica e as populações indígenas; estudos sobre o processo de colonização portuguesa/espanhola e suas relações com as populações nativas; estudos sobre a colonização regional, com enfoque para a Pan-Amazônia Sul-Ocidental; estudos sobre a construção e apropriação da fronteira amazônica; estudos sobre os conflitos produzidos pela expansão econômica sobre a Amazônia; estudos sobre o desenvolvimento econômico regional; estudos sobre política públicas e seus impactos regionais; estudos sobre movimentos sociais na Amazônia e; estudos sobre a formação societária regional.